Buscar
  • Dr Rodolfo Weidmann

A importância do sono para pacientes com dor crônica

Por que quando falamos em tratamento para dor crônica, também falamos sobre a importância da qualidade do sono e dos momentos de descanso? Hoje eu vou te explicar sobre isso!


🔸 Pacientes com dor crônica, como a fibromialgia ou a lombalgia, costumam relatar que a qualidade do sono não é como eles gostariam. Ou é difícil pegar no sono ou não conseguem o que chamamos de sono reparador, aquele que faz com que a gente acorde descansado.


E aí vem o problema: quem não dorme bem, tende a sofrer com dores ao longo do dia. Por outro lado, as dores também atrapalham na qualidade do sono: vira um círculo vicioso.


E como o sono impacta nas dores? 😴


Quando não há o descanso necessário, nosso corpo entra em desequilíbrio, inclusive nas substâncias que agem na nossa sensação de bem-estar, como serotonina e endorfina. Porém também há um desequilíbrio em toda resposta do corpo à dor, amplificando-a e aumentando o mal-estar do paciente.


O inverso também acontece: quanto mais dor, menor sensação de bem-estar, mais amplificada resposta à dor e com isso nosso cérebro não "desliga".


🔸 É por isso que parte do tratamento da dor crônica é baseado em estabilizar o sono do paciente. Podemos usar uma série de medicamentos das mais variadas classes, como antidepressivos, ansiolíticos e anticonvulsivantes, que conseguem regular substâncias importantes para o funcionamento do cérebro como a serotonina, noradrenalina e dopamina.


Além disso, sempre trabalho com o paciente que está com dificuldade em ter um sono de qualidade, a higiene do sono. Ter horários para dormir, diminuir intensidade luzes, ir desligando telas (celular, televisão), não consumir cafeína pela noite e criar um ambiente propício para o relaxamento é fundamental!


E por fim, não podemos esquecer que um hábito que ajuda muito a regular o sono e também os hormônios de bem-estar é a atividade física regular. Por isso, um dos pilares do tratamento para dor crônica é o exercício físico, que impacta diretamente no sono. 🚴


E você? Já associou a qualidade do seu sono ao aumento das suas dores?


Dr. Rodolfo Weidmann

Reumatologista

RQE 26807

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo