Buscar
  • Dr Rodolfo Weidmann

Começando tratar a Artrite Psoriásica

O que é Artrite Psoriásica?

A Artrite psoriásica faz parte do leque mais amplo de manifestações da Doença Psoriásica, que apresenta tanto manifestações cutâneas (psoríase), quanto manifestações articulares (a artrite psoriásica). A Doença Psoríase é uma doença inflamatória crônica que acomete igualmente homens e mulheres e que sofre um grande impacto emocional e psicossocial na vida dos pacientes.

Há várias formas de se apresentar os quadros de artrite psoriásica e classificaremos quanto ao predomínio de achados articulares. Quando há o comprometimento de 4 ou menos articulações periféricas, de forma assimétrica, chamamos de oligoarticular, sendo esta forma mais comum em homens. Porém podemos ter a forma poliarticular com 5 ou mais articulações e simétricas, também há a forma distal, a forma mutilante e a forma axial, quem que pode ter a inflamação de uma articulação que os reumatologistas gostam de investigar, que é a sacroilíaca.

Além das articulações, pacientes com artrite psoriásica podem ter inflamação das enteses (que são pontos de inserção de tecido mole) como músculo ou tendões, no tecido duro (nos ossos), sendo a inflamação da entesopatia do tendão de Aquiles a mais característica. Também podem ocorrer Dactilite que é uma inflamação grave dos dedos, popularmente conhecido como dedos em salsichas.


Primeiro passo do tratamento da Artrite Psoriásica:

Buscando sempre a melhora da qualidade de vida do paciente, vamos iniciar o tratamento visando evitar dores constantes além de complicações futuras da doença nas articulações e em outros órgãos. Primeiro é que o paciente deve ser acompanhado por um reumatologista e um dermatologista. É necessário o cuidado conjunto, já que é característico o acometimento da pele e das articulações. Há muitos remédios que são iguais para tratar tanto o componente cutâneo, quando o componente articular, como o metotrexato, ou alguns dos anti-TNF, alguns anti-interleucinas ou medicamento alvo-específicos. Porém o curso da doença pode em determinado momento ter uma atividade cutânea mais proeminente, em outros momentos a atividade articular. E há medicações que são exclusivas para o tratamento cutâneo e outras para o articular, logo é necessário o tratamento e acompanhamento conjunto para otimizar os cuidados aos pacientes.

A escolha das opções farmacológicas na Artrite Psoriásica:

A escolha do tratamento ideal é individualizada, influenciada pela gravidade doença e por qual sítio de manifestações articulares é predominante no paciente (esqueleto axial, enteses, uma ou até 4 articulações periféricas, ou mais do que 4 articulações periféricas – com ou sem dactilite).

Muito comumente o tratamento inicia com medicações sintéticas (como o Metotrexato ou Sulfassalazina). Porém é muito importante o acompanhamento médico, pois além de modificar a dose das medicações, pode ser necessário introdução de novas medicações, como os imunobiológicos ou as medicações sintéticas alvo-específicas. Estas duas últimas classes de medicações são seguras e eficazes, mais específicas e mais eficazes do que as medicações tradicionais, quando corretamente indicadas. Estas medicações bloqueiam ou uma citocina, ou uma interleucina, ou bloqueiam a sinalização intracelular de certas citocinas, controlando assim a inflamação e a doença. Contudo destaco que também há necessidade de outras medicações no curto do tratamento, como pomadas, cremes ou anti-inflamatórios não-esteroidais, que aliviam os sintomas, mas não mudam o curso da doença. Além de terapias não-farmacológicas, como exercícios físicos, fisioterapia, psicoterapia.


Tratamento não farmacológico da Artrite Psoriásica:

Os pacientes com Artrite Psoriásica ganham muito quando realizam prática regular de atividades físicas, contribuindo com sua qualidade de vida. Entretanto um detalhe que sempre deve ser lembrado é a necessidade de indicação médica e acompanhamento por educadores físicos ou fisioterapeutas. A melhora da saúde é devida ao fortalecimento muscular e a manutenção da flexibilidade e capacidade de movimentação das articulações afetadas pela doença. É possível que, em alguns movimentos, o paciente sinta dor, justificando a necessidade de acompanhamento especializado de perto, para indicar movimentos possíveis e adequados caso a caso. Entre os exercícios físicos mais indicados para pessoas com Artrite Psoriásica estão: alongamentos, caminhadas, pedaladas, yoga, fisioterapia tradicional, hidroginástica e hidroterapia. Porém o melhor exercício sempre será aquele que você gosta de fazer! E o acompanhamento com um Educador Físico e Fisioterapeuta de possibilitará isto.


Qual o recado que tem que ser levado no tratamento da Artrite Psoriásica?

Como ainda não há cura para a Artrite Psoriásica, o tratamento é crônico, uma boa adesão ao tratamento e mudanças de hábitos de vida são fundamentais para manter a qualidade de vida.




19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo