Buscar
  • Dr Rodolfo Weidmann

Compreendendo a Fibromialgia:

1-O que é a Fibromialgia? É real?

A fibromialgia é uma condição crônica em que há descontrole na resposta da dor, onde a pessoa apresenta dor inadequadamente amplificada por todo o corpo. Uma dor que duraria 10 minutos, no fibromiálgico vai durar 10 horas, uma dor que era de intensidade 1, vira de intensidade 100. E a fibromialgia é real sim! Já há consolidado o conhecimento em que há alterações nos neurotransmissores da dor.


2-Onde se localiza as dores da fibromialgia?

O paciente pode ter dores mais intensas em um ou outro ponto específico do corpo, porém caracteristicamente a fibromialgia apresenta dores por todo o corpo. Normalmente o paciente tem dificuldade de precisar quais pontos exatos de dor. Quando examinamos os pacientes, podemos usar para classificar no exame físico os “tender points” que são 18 pontos distribuídos pelo corpo que fazemos uma pequena pressão, porém os pacientes apresentam uma reação exagerada.


3-Quais outros sintomas que alguém com fibromialgia pode apresentar?

A fadiga é um sintoma muito comum. Fadiga não é igual cansaço! Normalmente o cansaço, quando descansamos, conseguimos recuperar as energias. Já na Fadiga há uma exaustão física e/ou emocional muito mais intensa constante com períodos de piora, mas infelizmente não há recuperação com repouso.

Pacientes também podem apresentar desatenção e dificuldade de realizar atividades que exigem mudança rápida de pensamentos. Chamamos isso de “fibro fog”. Como se tivesse um nevoeiro na mente da pessoa dificultando atividades diária.

Outro ponto muito importante é a saúde ruim do sono. Quem consegue dormir bem com dor? E com dor diariamente? Então por causa do paciente apresentar muita dor, normalmente ele tem uma péssima saúde do sono, uns com dificuldade em iniciar o sono, outros em ter um sono profundo. Normalmente os fibromiálgicos acordam com mais dores do que antes de dormir, parece que a noite de sono não recuperou o corpo.


4-A fibromialgia é incapacitante? Posso me aposentar por ter fibromialgia?

A fibromialgia é uma doença incapacitante. Quando o paciente está com doença em atividade, é muito difícil realizar qualquer atividade da vida diária. Contudo falamos que é uma incapacidade temporária, pois com o tratamento, buscamos reabilitar este paciente a suas atividades habituais. A fibromialgia não causa uma disfunção permanente ou atrofias musculares. Então com tratamento direcionado, buscamos reestabelecer esta pessoa. Não é fácil. Há casos extremamente difíceis de conseguirmos um tratamento eficaz a longo prazo, mas não podemos desistir.


5-Qual exame para diagnosticar a fibromialgia?

Falamos que o diagnóstico da fibromialgia é clínico, com uma boa anamnese (que é aquela conversa que você tem com o médico) e exame físico, conseguimos chegar no diagnóstico. É muito comum pedirmos alguns exames complementares, como de sangue ou até de imagem, porém esses têm o objetivo de avaliar se não há outra condição além da fibromialgia presente. Muito comum presença associada de hipotireoidismo, osteoartrite e artrite reumatoide.


6-Por que é tão difícil o tratamento da fibromialgia?

Muito comum esperarmos que com uma medicação somente conseguirmos controlar a doença. Infelizmente com a fibromialgia este caminho não funciona. Falamos que são necessários 3 pilares, com igual relevância para o tratamento eficaz da fibromialgia. Um tratamento multidisciplinar. Um desses pilares são os exercícios físicos! É necessário que o exercício físico seja praticado de maneira regular e a longo prazo. Seus resultados são duradouros. Não importa se é um exercício físico na água ou no solo, importante é um exercício físico que lhe agrade e que seja praticado de forma regular. Outro pilar são as sessões contínuas de psicoterapia. Muito importantes. Viver com dor não é fácil, e precisamos nos entender melhor para conseguir controlar melhor os sintomas da fibromialgia. Por último, o pilar da terapia medicamentosa; que será escolhido de acordo com características individuais de cada paciente.



19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo