Buscar
  • Dr Rodolfo Weidmann

FAN positivo não é motivo para pânico!

Se você já se assustou ao ter o resultado do seu exame de FAN positivo, hoje estou aqui para te acalmar! 😉


Solicitado por reumatologistas e também outros especialistas que investigam doenças autoimunes, o termo “fator antinúcleo” (FAN) é um exame que permite a detecção de anticorpos contra outros componentes celulares além do núcleo, como o citoplasma e o aparelho mitótico.


Confuso, né? 🤔 Mas basicamente, ele liga o alerta para a presença de anticorpos agindo no corpo, o que pode indicar doenças autoimunes.


Mas o que importa para nós não é só o FAN positivo ou não. Em um primeiro momento, um resultado positivo informa sobre a presença de um anticorpo na amostra. Mas depois, temos duas informações ainda mais relevantes: a concentração sérica do anticorpo, que é expressa pelo título da reação e finalmente, o padrão de imunofluorescência informa sobre os possíveis anticorpos presentes na amostra.


Por isso, gosto de lembrar que isolado o FAN não fecha diagnóstico!


Precisamos sim nos atentarmos para as concentrações altas (acima de 1/320, por exemplo), mas principalmente, analisar o padrão e entender o contexto em que o FAN foi solicitado: quais os sintomas do paciente? Há outras manifestações associadas? O que nos mostram os outros exames?


🔸 FAN pode ser um exame encontrado na população sem nenhuma doença reumatológica e permanecer sem doenças durante toda sua vida, ok? Então, nada de pânico.


O ideal é não ignorar o resultado do exame, mas buscar um especialista que compreenda e saiba interpretar este exame, que é o reumatologista.


E aí, quem aqui já se assustou com o FAN positivo?


Dr. Rodolfo Weidmann

Reumatologista

RQE 26807


16 visualizações0 comentário