Buscar
  • Dr Rodolfo Weidmann

Febre Chikungunya como causa de suas dores articulares

Você já pensou nesta possibilidade: quadros agudos de dores ou inchaço de várias articulações ser causada pela Chikungunya? Na Região Centro-Oeste, que concentra 47% dos casos é uma hipótese sempre lembrada, porém a epidemiologia desta arbovirose esta mudando. Casos importados ou de transmissão local estão correndo na região Norte do Paraná e precisamos nos alertar a esta hipótese. Vamos conhecer esta condição:


O que é a Febre Chikungunya?

A febre Chikungunya é causada por um vírus (CHIKV), caracterizado por um quadro febril agudo associado à artralgia intensa e incapacitante. Sua transmissão ocorre de forma semelhante à Dengue e Zika, pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus


Como se manifesta a Febre Chikungunya?

A doença pode se manifestar em 3 fases. Não necessariamente todo paciente terá as 3, porém esta possibilidade ocorre em uma parcela significativa pacientes.

  • Fase Aguda:

Dura de 7 até 14 dias do inicio dos sintomas. Ocorre em até 97% dos pacientes que adquirem o vírus CHIKV. Nesta fase há muitas semelhanças com outras arboviroses como Dengue e Zika. Característica é a febre de inicio subido e a pooliartalgia ou poliartrite que corre em praticamente 100% dos casos. O padrão deste quadro articular lembra muito características da Artrite Reumatoide, com padrão simétrico e poliarticular em mãos, punhos, tornozelos e pés. Em cerca de 35-50% dos casos pode apresentar manifestações cutâneas com exantema maculopapular.

  • Fase subaguda:

Em metade dos pacientes há evolução do quadro para esta fase, onde os sintomas passam dos 15 dias de evolução, durando até 90 dias. Há o predomínio de o quadro articular, associado à rigidez matinal e astenia.

  • Fase crônica:

Quando o quadro persiste por mais de 3 meses, falamos que há uma evolução crônica da Febre Chikungunya. Nesta fase os sintomas podem ser persistentes em até 40% dos pacientes ou recidivantes (60%). Mesmo paciente que apresentam melhora significativa inicial podem cursar com recidivas dos sintomas em 72% dos casos


Como tratar a Febre Chikungunya:

O tratamento das manifestações reumatológicas da febre Chikungunya dependerá da fase que a doença se encontra e da grávida dos sintomas manifestos. As opções terapêuticas são amplas, desde analgésicos simples, glicocorticóides contínuos, DMARD´s como Hidroxicloroquina, metotrexato e sulfassalazina, até mesmo indicação de imunobiológicos em casos intensos e crônicos. O importante é na suspeita de um quadro poliarticular agudo, avaliar possibilidade de Febre Chikungunya; e no diagnóstico passar por uma avaliação reumatológica para indicar o medicamento correto para determinada fase da doença




18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo